sábado, 18 de abril de 2009

Tenho visto nas igrejas hoje,que o ministério de dança tem sido “confundido”com apenas um grupo de coreografia,ou seja,não está sendo levado à sério o propósito,o chamado de Deus para nós.

Acho que para integrar no ministério de dança,primeiro,além da oração,deveria haver um preparo,um treinamento,um estudo da Palavra,para a pessoa entrar na visão do grupo e tomar conhecimento das coisas espirituais;porque muitos hoje,acham que é só chegar,ensaiar,dançar e deu,está pronto,está tudo certo…Sendo que,o nosso objetivo,o nosso alvo não está sendo alcançado,Deus que é o centro de tudo não está sendo adorado.

Por que temos ainda em nossas mentes que a dança é só prara enfeitar ou destrair durante um culto?Essa é uma ideia completamente errônea,e que nos trará,certamente,consequências graves no decorrer do tempo.Fico triste porque em algumas igrejas ainda acontece isso,onde o ministério de dança não está tendo autoridade para pisar na cabeça de escorpiões e serpentes;não há sinais de cura,de libertação,da manifestação do poder de Deus…mas tudo isso porque não há preparo espiritual,não há oração,arrependoimento,renúncia,santidade,enfim,não há Deus.

E é por esse motivo que o ministério hoje está se tornando apenas grupos de coreografias,simplesmente.Durante esse tempo que estou no ministério de dança,tenho aprendido a cada dia,que o que temos que transmitir através da dança é Deus,para que aí sim haja diferença; o que tem que subir até o Trono é o nosso coração quebrantado,a nossa vida.Nossa dança tem que ser a dança do céu,uma dança santa e ungida.

Dançar não é só fazer coreografias,é “Adoração”,é entronizar o Senhor.Não há expressão de amor maior do que adorar a Deus com todo nosso corpo,com todo nosso fôlego!Glória a Deus!

Maldito aquele que faz a obra do Senhor relaxadamente.Jr 48:10a

Não reine,portanto,o pecado em vosso corpo mortal,de maneira que obedecais às suas paixões;nem oferecais cada um os membros do seu corpo ao pecado,como instrumentos de iniquidade;mas oferecei-vos a Deus,como ressurretos dentre os mortos,e os vosso membros a Deus,como instrumentos de justiça.Porque o pecado não terá domínio sobre vós;pois não estais debaixo da lei e sim da graça…Rm 6:12-14

Porque Deus é digno de todo louvor e adoração,e a Ele nos rendemos e nos submetemos!

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Achei importante compartilhar...feito por Marco Antônio

Texto bíblico: II Samuel 6. 20-23. (II Samuel 6,20)

V. 20 - Então Davi voltou para abençoar a sua casa; e Mical, filha de Saul, saiu a encontrar-se com Davi, e disse: Quão honrado foi o rei de Israel, descobrindo-se hoje aos olhos das servas de seus servos, como sem pejo se descobre um indivíduo qualquer.

V. 21 - Disse, porém, Davi a Mical: Perante o Senhor, que teu escolheu a mim de preferência a teu pai e a toda a sua casa, estabelecendo-me por chefe sobre o povo do Senhor, sobre Israel, sim, foi perante Senhor que dancei; e perante ele ainda hei de dançar

V. 23 - E Mical, filha de Saul não teve filhos, até o dia de sua morte.

Introdução:

Davi já era rei de Israel, quando volta de uma batalha. Ele vem cantando e pulando com o povo. Quase em êxtase, adora ao senhor pelas vitórias. Canta, dança, grita, pula, louva, etc.

Mas sua mulher à tudo contempla da janela do palácio. Davi ao entrar em casa encontra Mical, nervosa com sua atitude diante do povo e o critica. A bíblia diz que ela ficou estéril. Até a sua morte.

Não é que eu não creia que o lider, não tenha que agir com maior bom senso e moderação. é lógico que tem.

O que quero dizer é que os lideres também tem que ter seu momento de se derramar na presença de deus. tem que ter suas experiências com o senhor. senão vão perdendo a flexibilidade e espiritualidade, tornando-se apenas administradores de negócios. O líder precisa ser mesmo, mais espiritual que os liderados. Eles precisam do seu exemplo em tudo.

Costuma
se dizer, que a igreja é "a cara" de seu líder e em alguns casos é mesmo.

1) Adorador ou expectador

a) Expectador: é aquele indivíduo que na igreja ou mesmo no seu dia a dia, fica apenas na expectação do que vai ocorrer ou participa do culto. Fica aguardando o coral cantar, o grupo de louvor cantar e o pregador pregar. Não participa, só espera dos outros.

b) adorador. É assim que se sente, quem adora ao senhor. Com vontade de explodir de alegria da presença de Deus. As vezes nós envolvemos tanto "na obra", que nos esquecemos, que também somos adoradores.

Quantos lideres acabam perdendo a visão, a direção; perdem a paz e entram crise è fazendo a obra de Deus?.

Porque será? A reposta mais intrigante é: deixaram de ser participantes do culto e se tornaram apenas ministradores, palestrantes. "não podem adorar". Não é ético, dizem alguns. Sou líder e não posso agir igual à ovelha. Ledo engano.

"conta-se que em uma cidadezinha de interior, duas esposas de pastores, conversavam, sobre as suas respectivas igrejas, enquanto remendavam as calças de seus também respectivos maridos.

uma dizia: nossa igreja está uma benção. é muita avivada. estão ocorrendo muitas conversões. os problemas são resolvidos, graças a deus. dizia isto enquanto remendava os "joelhos" da calça do marido.

a outra, dizia: em nossa igreja é bem diferente. são tantas lutas e problemas. crentes frios e nenhuma alma se converte há muito tempo. avivamento, nem se fala. e ela dizia. fazendo remendos na parte do "assento" da calça."

2) Adoração = AD + ORAÇÃO.

Adorar não é apenas cantar. Adorar é um conjunto de fatores, Que vão desde a contrição (quebrantamento) à exultação (alegria). Pode começar com um louvor em forma de música, como pode também começar em uma oração. A palavra adoração é a junção do prefixo latino "AD", que dá a idéia de estar junto, ou na presença + a palavra oração. Então, adorar é ministrar NA PRESENÇA DE DEUS. É ministrar sentindo a presença do Senhor. Adorar não é apenas "liturgia", como se alguem pudesse dizer: "agora será o momento de adoração!".

Adoração é também um momento de gratidão à Deus, pois adorar também é louvar. E Louvar é elogiar ao Senhor, pelos seus grandes feitos, mas sobretudo pelo que ELE É.

3) JEOVÁ SHAMÁ

Este termo no Hebraico, significa: Senhor está presente. Ele fala da onipresença de Deus. Mas saber que Deus está em um lugar, não significa que possamos sentir esta presença. Jesus disse à mulher samaritana, que o “Pai, procura os tais que o adorem em Espírito e em verdade...”. Há momentos em que Deus se permite ser sentido. Mas há aqueles em que o cèu, parece estar em "bronze". Nesses momentos, Deus prova nossa fé e não se deixa ser sentido. O Pai, fez isto com o próprio filho. No Getsêmani, quando Jesus orava, ele dizia em aramaico: " Elohim, Elohim, lamá sabactani": Deus meu, Deus meu, porque me desamparastes?".

A palavra entusiamo, vem do grego "en theos mos", que signifca Deus dentro de sí. Lá na grecia eles acreditavam que quando uma pessoa conseguia um grande feito ou estava entusiasmada, era porque um Deus estava dentro dela.

4) SEJA UM ADORADOR

O que Deus quer de seu povo, é a adoração. Afinal, foi com esta finalidade que o ser humano foi criado por Deus. Podemos definir a vontade de Deus em dois aspectos:

1- Em relação ao perdido, que é a evangelização.

2- Em relação à Ele mesmo, que é a adoração.

Que Deus nos abençoe
Marco Antônio

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Eu olho para a cruz
E para a Cruz eu vou
Do seu sofrer participar
Da sua obra vou cantar

O meu salvador
Na cruz mostrou
O amor do Pai
O Justo Deus

Pela cruz me chamou
Gentilmente me atraiu
E eu sem palavras me aproximo
Quebrantado por seu amor

Imerecida vida de graça recebi
Por sua cruz da morte me livrou
Trouxe-me a vida e eu estava condenado
Mas agora pela cruz eu fui reconciliado

Impressionante é o seu amor
Me redimiu e me mostrou
O quanto é fiel